Engenharia Civil

Prof Vicari

A aventura de ser professor

Prof Vicari“No final de 1989, meu sócio de então, arquiteto Hideki Matsuka, foi convidado a dar aulas no curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade São Judas, que teria início em 1990. Ele me encorajou a acompanhá-lo e, assim, começou uma aventura que coincide com a minha história de vida nos últimos 25 anos.

O ambiente acadêmico exerceu tal fascínio sobre mim, que decidi me tornar um professor em tempo integral. A São Judas foi a principal instituição responsável por essa decisão. Coordenação, professores, alunos e funcionários, desde sempre, representaram uma grande motivação para prosseguir, num ambiente fraterno e ético.

São tantas histórias e pessoas, ao longo desse período, que fica difícil fazer um recorte. Lembro-me bem de um estagiário nosso que decidiu fazer o curso recém-iniciado, talvez, por causa das participações do Hideki e minhas, naquele novo projeto da São Judas. O Aldo Cespeda, naquela época, era um jovem bem informado, prestativo e dócil. Após anos sem vê-lo, além da facilitação das redes sociais, encontrei-o em lugar e horário improváveis. Aldo, hoje, é um arquiteto bem sucedido, com escritório próprio. O perfil deste aluno perpetua-se até os dias de hoje.

O corpo discente da São Judas, salvo raras exceções, é composto por gente assim: respeitadora, esforçada, ávida em crescer. A implantação do curso de Arquitetura foi um desafio para a Universidade e um incessante esforço da coordenação e professores, para criar um ambiente propício a sua existência. Muitas atitudes nossas e dos alunos, estimulados por nós, causavam certa estranheza. Difícil esquecer de um trabalho que propúnhamos, no final do primeiro ano, um pouco à moda da FAUSP. Os alunos faziam uma intervenção espacial, com o propósito de afetar a percepção rotineira de quem frequentava o campus. Eram grandes objetos, estruturas, painéis coloridos etc. Um exercício de leitura e ocupação do espaço importante para a formação do arquiteto.

Em 1998, também entrei para o curso de Desenho Industrial, no qual permaneço. Aqui aprendi a conviver com novos colegas e alunos de perfil diverso, porém igualmente gentis e interessados. Há três anos dou aulas na Engenharia, com grande prazer, e em 2011 tive uma passagem pelo curso de Comunicação que me fez perceber o quanto nossa escola é coesa, pois por onde passei não vi dissidência. Resmungos são próprios da natureza humana. As instituições são as pessoas e material humano é o que não nos falta. Por isso, gosto tanto da São Judas e visto esta camisa.”

João Rogério Rodrigues Vicari. Docentes dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Design, Engenharia Civil e Engenharia Mecânica. 

Ricardo Tadeu de Faria

Um bloco de cada vez

Ricardo Tadeu de Faria

“A vida, às vezes, pode dar grandes reviravoltas. No Ensino Médio, eu era desacreditado pelos professores por ser péssimo aluno em matemática. Ninguém acreditava que eu fosse me tornar um engenheiro.

Contrariando todas as expectativas, concluí minha graduação na São Judas em Engenharia Civil, em 2000, e depois fiz Pós-Graduação em Administração de Empresas, em 2006. Hoje, supervisiono a área de Aditivos para Concretos da Otto Baumgart/ Vedacit, empresa líder nesse segmento de mercado.

Cresci vendo meu pai, Ronaldo Faria, trabalhar na área. Desde pequeno, frequentava os laboratórios de Engenharia da Universidade, onde ele é supervisor. Mas a decisão de me tornar engenheiro não se deu exatamente por acompanhar os afazeres do meu pai. Um dia, andando pela Avenida Paulista com meu tio, vi um canteiro de obras aberto e decidi dar uma espiada. Encantei-me com o que vi. Aquele vai e vem de pessoas, estruturas… Na época, tinha 10 anos. Como já sabia que o curso da São Judas era bem conceituado, não tive dúvidas.

Gosto de resolver os problemas dos meus clientes e da maneira mais econômica. Futuramente, pretendo fazer mestrado e seguir carreira na área acadêmica. Hoje, já atuo como coordenador do curso de Pós-graduação no Instituto IDD.”

Ricardo Tadeu Pinto de Faria – Ex-aluno de Engenharia Civil e da Pós em Administração de Empresas. Supervisor da área de aditivos para concretos da Otto Baumgart/ Vedacit

Saiba mais sobre o curso de Engenharia Civil da São Judas